Não esfria o ar condicionado automotivo do Ford Fusion

No Salão do Automóvel de São Paulo que aconteceu recentemente, tivemos a oportunidade de ver poucas novidades em relação ao mercado automotivo, por parte da Ford. Uma das novidades apresentadas foi a linha 2015 do Fusion, que está começando a chegar agora às concessionárias. Entre as novidades que podemos ver incorporadas desde a versão inicial do Sedan, estão o cinto de segurança traseiro infláveis, item muito importante quando o assunto é segurança.

2015-ford-fusion-interior

Os espelhos retrovisores externos são rebatíveis, o ajuste do banco do passageiro é elétrico e possui seis posições e temos também o assistente de emergência, que é um recurso integrado juntamente com o sistema multimídia Sync que realiza a ligação telefônica para o SAMU assim que detecta algum acidente ocorrido.

Claro que com esses novos itens que utilizam muita tecnologia, o modelo subiu de preço. Antes o Fusion tinha como preço inicial o valor de 98.700,00 reais. Agora começa a partir de 103.000,00 a versão de motorização 2.5 litros Flex. Nesse modelo, o automóvel sai de fábrica equipado com oito air bags distribuídos pelo seu interior, frontais, cortina, joelho e laterais, com controle eletrônico de tração e estabilidade, seu sistema de ar condicionado é dual zone digital, o acendimento dos faróis é automático, câmera de ré.

Apresenta também como itens sistema de comunicação e entretenimento para os passageiros completo com tela sensível ao toque de 8 polegadas, rádio com entrada USB e auxiliar, Bluetooth, sistema de navegação e rodas de liga leve de 17 polegadas, para proporcionar mais estabilidade ao dirigir.

Ainda como novidade na linha 2015, as versões Titanium possuem bancos refrigerados e ajuste elétrico do banco do passageiro com 10 posições, para maior conforto. Essa mudança também deixou o preço da versão um pouco mais caro. Na linha 2014 o preço era em torno de 108.700,00 e, na atual é de 113.900,00.

O sistema de ar condicionado automotivo mesmo que não pareça é complexo, já que, caso não funcione adequadamente, poderá ser pelo fato de vários motivos que precisam ser examinados um a um até chegar à conclusão do que deve ser reparado. Nesse caso, o recomendado é procurar um centro automotivo especializado e realizar diagnósticos corretos, juntamente com manutenção preventiva e corretiva para que o problema seja localizado e reparado de uma vez por todas.

Caso o sistema de ar condicionado não esfrie, o filtro de ar pode estar com sujeira ou com algum entupimento. Nessa situação, é um conserto fácil e relativamente barato. Porém, a situação tende a piorar caso deixe por muito tempo o filtro entupido no sistema, já que forçará alguns componentes do sistema e pode prejudicar esses componentes.

2015-Ford-Fusion2

O ideal é efetuar a troca do filtro, pois como ele é muito frágil, qualquer pressão a mais e caso ele fique desalinhado devido ao seu manuseio, pode deixar com que algumas partículas passem por ele e perca desse jeito a sua função principal que é filtrar.

Outra causa que pode levar o sistema de ar condicionado a não gelar é algum vazamento do gás refrigerante. Esse vazamento pode acontecer devido a diversos fatores, como o fato de algumas conexões estarem frouxas e deixando escapar o gás refrigerante. Outro motivo é o fato de alguma mangueira estar ressecada e dessa maneira ficar quebradiça, permitindo vazamentos.

Algum componente do sistema de ar condicionado pode estar rompido e dessa maneira ser necessário verificar exatamente onde encontra-se esse rompimento e realizar o seu reparo.

Qualquer que seja a situação, o diagnóstico deve ser preciso e realizado em um centro automotivo especializado com técnicos mecânicos treinados e aptos para verificar corretamente o que está acontecendo, contando inclusive com equipamentos próprios para localizar corretamente esses vazamentos e oferecer subsídios para que sejam reparados seguramente e dessa maneira deixar o ar condicionado do Ford Fusion funcionando corretamente.

Comments are closed.