Sem categoria

28
dez

Estacione seu veículo com segurança

Saiba avaliar a idoneidade de um estabelecimento antes de confiar seu carro ao serviço de um manobrista.

Nas cidades grandes engarrafadas, como São Paulo e Rio de Janeiro, os estacionamentos tornaram-se essenciais para atender a demanda de veículos em busca de vagas. Além da dificuldade de encontrar um bom espaço nas vias, a falta de segurança e a facilidade dos valets, que encaixam os veículos em vagas cada vez mais apertadinhas, fazem boa parte dos motoristas optar por esse tipo de serviço.

Mas, como sabemos muito bem, nem tudo é perfeito no universo dos estacionamentos. Estepe roubado, lataria amassada e preços abusivos fazem parte da rotina de muitos estabelecimentos. Saiba como identificar um local adequado para deixar seu automóvel e evite aborrecimentos:

O lugar correto

Deve exibir em locais visíveis ao motorista as tarifas praticadas pelo estabelecimento, o número de vagas, o alvará de funcionamento e o CNPJ da empresa. Além disso, dê preferência a locais que ofereçam seguro contra furto, roubo e outras avarias.

Espaço do ambiente

Verifique o tamanho disponível para as vagas e fuja de locais que amontoam os carros. Em estabelecimentos assim, como não há nem espaço para abrir as portas dos veículos, as chances de riscos e pequenos amassados na lataria são enormes. Atenção redobrada caso seu veículo seja um utilitário. Antes de entrar, verifique se a altura do ambiente é mesmo suficiente para a sua passagem.

Objetos de valor

Guarde óculos de sol, pen drive, MP3 e outros itens em locais seguros. Atenção também aos objetos deixados no porta-luvas. Carteira e celular devem ser sempre levados com você.

Revisão geral

Não custa nada e leva só alguns segundos: antes de sair do estabelecimento, verifique a condição do seu veículo, apontando riscos e amassados. O roubo do estepe também é um dos problemas mais comuns citados pelos usuários de estacionamentos. Por isso, mostre ao manobrista que o estepe está ali quando sair e verifique se ele continua lá quando voltar.

Guarde a nota

Assim você tem como se resguardar que não estava dirigindo o seu carro naquele dia e horário. Especialistas recomendam que a nota fiscal seja guardada por 30 dias.

Bateu, Riscou, amassou…

Caso aconteça algum problema com o seu carro dentro de um estacionamento, registre um boletim de ocorrência. Se possível, tente levar testemunhas que confirmem os danos causados pelo estabelecimento. Na maioria dos casos, o seguro do local se encarrega de fazer a negociação e ressarce o dono do veículo.

Nos shoppings

Você é do tipo que treme quando precisa ir ao shopping, pois sempre fica horas rodando atrás de uma vaga? Alguns truques podem resolver o seu problema:

– Se possível, vá ao shopping durante a semana e evite o horário do almoço. Nos finais de semana, prefira ir bem cedinho, assim que o estabelecimento abrir.

– Economize tempo e vá direto ao último piso do estacionamento.

– Caso o local ofereça serviço de valet, certifique-se de que seu veículo ficará estacionado em um ambiente fechado.

28
dez

Conhecendo o ar condicionado automotivo do Celta

 

Conhecendo o ar condicionado automotivo do Celta

Nos veículos Celta equipados com o ar condicionado automotivo é possível melhorar a eficiência do sistema, acionando-se temporariamente o
recirculador de ar, para restringir a troca de ar com o ambiente externo. A recirculação de ar não deve permanecer acionada por muito tempo.

Ajuste dos difusores de ar condicionado automotivo:

Ajuste dos difusores de ar condicionado automotivo proporciona ventilação para a região da cabeça com ar à temperatura ambiente ou ligeiramente aquecido, dependendo da posição do interruptor de regulagem da temperatura.

Para abrir os difusores do ar condicionado automotivo pressione para a frente o símbolo localizado na sua parte central.

Para fechá-lo, empurre para a frente a parte recartilhada posicionada na extremidade da maior grade.

painel-comando-controle-ar-celta-ar-condicionado-automotivo

Direcionamento do fluxo do ar condicionado automotivo

01 Cabeça – O fluxo de ar é direcionado para os difusores frontais centrais e laterais.
02 Cabeça e Pés – O fluxo de ar é distribuído para os difusores frontais centrais e laterais e para os pés.
03 O fluxo de ar é direcionado para os difusores de ar na região dos pés. Ajuste o controle de temperatura para a condição mais confortável.
04 Pés e desembaçamento do para-brisa. Uma parte do fluxo de ar é direcionada para os difusores de ar do para-brisa e a outra parte é direcionada para os difusores de ar da região dos pés

05 Desembaçamento do para-brisa (rápido) veículos com condicionador de ar:

• Pressione o interruptor do condicionador de ar 06.
• Gire o interruptor de ventilação para a posição máxima.
• Gire o interruptor de distribuição de ar para a posição 05. Posicione o interruptor de recirculação de ar totalmente para a esquerda 07
O interruptor do controle de temperatura pode ficar em qualquer posição 05.

Veículos sem ar-condicionado:
• Gire o interruptor de ventilação para a posição máxima.
• Gire o interruptor do controle de temperatura para a posição aquecimento
máximo.
• Gire o interruptor de distribuição de ar para a posição 05

28
dez

Ar condicionado do Corsa Classic

Ar condicionado do Corsa Classic

O ar condicionado do Corsa Classic é um item muito valorizado hoje em dia. Esse equipamento pode ser instalado na sua montagem na própria fábrica ou seu kit original de ar condicionado pode ser instalado em nossas lojas. Para que o desempenho e durabilidade seja semelhante aos instalados nas montadoras, os kits de ar condicionado desse veículo, devem ser originais e seguir um procedimento de instalação idêntico aos que são realizados nas montadoras.

No ar condicionado do Chevrolet Corsa Classic, além do fluxo de ar externo natural que entra no interior do veículo pelos difusores de ar no painel dianteiro do veículo, quando o carro está em movimento, ao mesmo tempo pode ser ligado também um ventilador para aumentar o fluxo de ar.

O sistema de ar condicionado do Chevrolet Corsa Classic possui um misturador de ar que permite dosar a quantidade de ar quente com ar frio, a fim de que a temperatura possa ser rapidamente regulada para o nível desejado a qualquer velocidade. O fluxo de ar é determinado pela rotação do ventilador e pode ser influenciado pela velocidade do veículo.

Nesses veículos que possuem ar condicionado é possível melhorar a eficiência do sistema, acionando-se temporariamente o recirculador de ar, para restringir a troca de ar com o ambiente externo. No entanto a recirculação de ar não deve permanecer acionada por muito tempo.

classic-ar-condicionado

Direcionamento do fluxo do ar condicionado do Corsa Classic

01 Cabeça: A saída de ar é direcionado para os difusores frontais centrais e laterais.

02 Cabeça e Pés: O ar distribuído nos difusores centrais é um pouco mais frio que o da região dos pés. Esta condição é especialmente utilizada pela manhã quando o sol está aquecendo o interior do veículo na parte superior e a região dos pés continua fria. Ajuste o controle de temperatura para a condição mais confortável a partir da posição central.

03 Pés: O fluxo de ar é direcionado para os difusores de ar na região localizada nos pés. Ajuste o controle de temperatura para a condição mais confortável.

04 Pés e desembaçamento do para-brisa o fluxo de ar é direcionada para os difusores de ar do para-brisa e a outra parte é direcionada para os difusores de ar da região dos pés.

05 Desembaçamento dos vidros

Acionando a ventilação nos veículos com ar condicionado

Para o acionamento da ventilação nos veículos com ar condicionado siga os seguintes passos:

• Puxe o interruptor do condicionador de ar 06.
• Gire o interruptor de ventilação para a posição máxima.
• O interruptor do controle de temperatura pode ficar em qualquer posição, devido à retirada da umidade do ar promovida pelo ar condicionado.
• Gire o interruptor de distribuição de ar para a posição 05.

Desembaçamento do vidro traseiro do Classic

O desembaçamento do vidro traseiro do Classic ocorre através do aquecimento de filetes condutores que acompanham toda a extensão, aquecendo o vidro.

Para ligar, puxe o interruptor de desembaçamento 8. Para desligar, pressione o interruptor. Desligue-o logo que haja suficiente visibilidade, evitando sobrecargas elétricas desnecessárias.

28
dez

Novidades sobre ar condicionado automotivo

Faça perguntas e tire suas dúvidas em nosso blog sobre serviços e dicas do ar condicionado veicular.

Informações sobre serviços e manutenção.

Instalação do ar condicionado automotivo e muito mais.

28
dez

Dicas para dirigir na estrada

Para aproveitar aquele ventinho no rosto e curtir a paisagem com segurança, saiba quais são as situações mais recorrentes quando você põe o pé na estrada.

Entrando numa curva

Antes de pegar uma curva, deve-se frear e desacelerar o veículo. Ao entrar nela, acelere gradativamente, isso ajuda a dar mais aderência ao carro. Vire a direção com suavidade e nunca freie no meio da curva. Pois pode travar as rodas e levar o veículo a derrapar ou até capotar. Quando entrar rápido demais numa curva, tire o pé do acelerador e reduza a marcha.

Hora certa

Prefira viajar durante o dia, quando estamos mais descansadas e as condições de visibilidade são muito melhores. Guiar à noite exige atenção em dobro e velocidade reduzida, pois as luzes dos carros e a fraca iluminação da pista podem atrapalhar a visão. Se tiver que dirigir depois do sol se pôr, use a faixa da pista como referência. Em caso de falta de sinalização, use as luzes traseiras do veículo que estiver à sua frente para se guiar. Assim você prevê com antecedência qual sentido seguir.

Fazendo uma ultrapassagem

É uma das manobras mais arriscadas de se fazer numa estrada. Por isso, seja sempre muito prudente na hora de executá-la. Primeiro de tudo, confira a sinalização da pista e certifique-se de que, naquele trecho, ultrapassagens são permitidas. Depois, ligue a seta para avisar ao motorista da frente que você fará a manobra. Procure ser rápido e evite fazer ultrapassagens em curvas e aclives. Ao ser ultrapassado, diminua sua velocidade até que o outro veículo atinja uma distância segura.

Animais na pista

Reduza a velocidade e verifique se o automóvel que vem logo atrás está a uma distância segura. Não buzine e desligue os faróis altos. Se possível, pare e espere que o animal conclua a travessia da pista. Nesse caso, lembre-se de ligar o pisca alerta para sinalizar aos outros motoristas sobre o perigo. Para ultrapassar, passe sempre por trás do bicho.

Tempo ruim

Chuva e neblina exigem atenção redobrada das motoristas. Com a pista molhada e a visibilidade comprometida, reduza a velocidade, acenda os faróis baixos e mantenha uma distância segura em relação ao carro da frente. Use as marcações da pista ou as luzes traseiras do carro à frente como referência.

Força dos ventos

Em trechos de estrada aberta, uma rajada de vento lateral pode desestabilizar o veículo. Quando isso acontecer, reduza a velocidade e segure o volante com bastante firmeza. Abrir os vidros do veículo também ajuda.

Atenção aos sinais

Motoristas de ônibus e carros, caminhoneiros, costumam utilizá-los na estrada para se comunicar. Descubra o significado de cada um deles:

– Piscar os faróis duas vezes: sinaliza que os carros que trafegam no sentido oposto devem reduzir a velocidade, pois vão encontrar algum problema na pista.

– Duas buzinadas curtas: indica agradecimento a um motorista que facilitou uma ultrapassagem, por exemplo.

– Buzinar e piscar faróis: se o veículo que vem atrás de você der esse sinal, abra passagem, pois há algum tipo de problema, como uma pessoa passando mal dentro do veículo, por exemplo.

– Piscar faróis com insistência: indica que há algo errado com o automóvel que segue à frente.

28
dez

Domine o volante de vez!

Confira as nossas dicas e conquiste um desempenho ainda melhor nas pistas.

Quando o assunto é carro, os homens sempre se acharam os melhores especialistas. Porém, há algum tempo eles deixaram de reinar absolutos nessa área. As mulheres chegaram devagar, mas conquistaram de vez o seu espaço no trânsito. Mais cuidadosas, elas dão menos prejuízo, tanto que as companhias de seguro oferecem apólices com desconto para elas.

As montadoras também passaram a prestar mais atenção nas necessidades das motoristas femininas: o extintor de incêndio mudou de lugar para não desfiar mais a meia das motoristas, o espelho retrovisor esticou para facilitar a aplicação do batom e o porta-luvas cresceu.

Existem também aquelas mulheres que integram grupos mais seletos, como mecânicas, colecionadoras de carros antigos e até pilotas de automobilismo.

Para as iniciantes

Caso exista um medo ainda de dirigir em vias movimentadas, procure treinar em ruas mais tranquilas, de preferência com um motorista experiente e paciente ao seu lado. Se o desconforto continuar, procure um profissional especializado. Ele ajudará você a conquistar a segurança necessária para dirigir em grandes centros e vias com trânsito intenso.

Rotina no trânsito

Uma boa música sempre ajuda a distrair. Além disso, tenha sempre uma garrafinha de água e uma fruta dentro do seu carro. Assim você evita o problema da fome e da sede, mantendo-se bem concentrada no trânsito. Por mais que seja difícil, tente manter o bom humor. Afinal, reclamar só piora a situação.

Pegando a estrada

O mais importante é conferir se a manutenção do seu carro está em dia. Verifique os itens básicos, como água, calibragem dos pneus e óleo. Uma boa dica é sempre viajar pela manhã, pois caso aconteça algum tipo de imprevisto você terá tempo de resolver o problema antes de escurecer. É menos arriscado para você e sua família.

Manutenção do seu carro em dia

A cada 10 mil quilômetros rodados, leve o seu veículo a um centro automotivo de sua confiança. Faça o rodízio dos pneus, verifique os freios, troque o óleo e confira o alinhamento e o balanceamento do veículo. Também não se esqueça de ler atentamente o manual do usuário. Isso é muito importante.

Mestre na baliza

Apenas o treino leva à perfeição. Se você tem problemas na hora de estacionar, vá a uma rua tranquila, posicione dois obstáculos e treine até conseguir colocar o seu veículo na vaga, na calma.

Ultrapassagem segura

Antes de realizar a manobra, verifique a faixa no chão para saber se a ultrapassagem é mesmo permitida. Na hora de passar o carro da frente, reduza uma marcha e deixe o motor ganhar potência. Quando sentir que o carro está no seu máximo, inicie a ultrapassagem. Provavelmente, você precisará trocar de marcha durante a execução da manobra. Basta engatar e boa viagem.

Ladeira sem risco

Tenha atenção especial em ruas de paralelepípedo, pois o automóvel desliza mais fácil. Para o sucesso da manobra, use a força do motor para sair. Com o freio de mão puxado e a primeira marcha engatada, vá soltando a embreagem devagar, até que o carro dê sinal de saída. Neste momento, solte o freio de mão, acelere com mais força e solte completamente a embreagem.

28
dez

Ar condicionado do Chevrolet Cobalt

O ar condicionado do Chevrolet Cobalt é ativado com o botão ligar e seu funcionamento é permitido quando o motor e o ventilador estão ativados.

O modo de recirculação por um período prolongado não é aconselhado, periodicamente, é importante mudar para o modo de ar externo para renovar o ar.

A renovação do ar é menor no modo de recirculação. Em operações sem o resfriamento do ar dentro do veículo, a umidade do ar aumenta, o que poderá embaçar os vidros. A qualidade normal do ar dentro da cabine do veículo deteriora-se e pode fazer com que os ocupantes do automovel sintam tonturas.

O sistema de ar condicionado automotivo resfria e desumidifica ou seca quando a temperatura externa está um pouco acima do ponto de congelamento. Portanto, pode haver formação de condensação e gotejamento embaixo do veículo.

O ar condicionado do carro não funcionará quando o botão de controle do ventilador estiver na posição desligada.

painel-ar-condicionado-cobalt

Mesmo que o ar condicionado do veículo esteja ligado, o automovel produzirá ar quente se o botão da temperatura estiver na área vermelha.

Para desligar o sistema de ar condicionado, pressione ligar novamente ou gire o botão do ventilador para 0.

Se o sistema de ar condicionado estiver ligado e o botão do ventilador tiver sido girado para 0, o sistema de resfriamento permanecerá acionado, mas inativo, pois o ventilador está em 0. Ao girá-lo para outra posição, o ar condicionado funcionará novamente.

Uso normal do ar condicionado do Chevrolet Cobalt

. Acione o sistema de ar condicionado do veículo e gire o botão de controle da temperatura para a área azul para resfriamento.
. Acione o botão de distribuição de ar para a posição desejada.
. Coloque o botão de controle do ventilador para a velocidade desejada.

Uso máximo do ar condicionado do Chevrolet Cobalt

Para que o ar quente possa se dispersar rapidamente você pode abrir brevemente as janelas.
. Ligue o resfriamento do ar condicionado automotivo ligar.
. Ligue o sistema de recirculação de ar ar.
. Acione o botão de distribuição de ar 01.
. Modifique o controle de temperatura para o nível mais frio.
. Ajuste a velocidade do ventilador para máximo.
. Abra todos os difusores do ar condicionado do veículo.

28
dez

Como evitar brigas no trânsito

Como reagir diante de buzinadas, fechadas, e gestos ofensivos?

Perder a calma no trânsito ao menos uma vez na vida é algo que pode ocorrer com qualquer um. Nas cidades brasileiras, conflitos por motivos banais fazem parte da rotina dos motoristas. O que acontece é que, ao volante, a pessoa se torna anônima e tem a sensação de que jamais vai cruzar novamente com quem brigou. Para piorar, estudos apontam que: pessoas irritadas se envolvem duas vezes mais em situações de risco e cometem até o quádruplo de agressões ao volante. A seguir, confira algumas dicas de comportamento e acelere das confusões.

Atitudes do bem

Adote esses hábitos e faça do trânsito um local menos hostil:

– Não dirija se estiver nervoso ou após alguma discussão.

– Saia de casa com um pouco de antecedência. Nos dias de hoje, precisamos contar com certos imprevistos pelo caminho.

– Encontre maneiras de tornar o congestionamento menos estressante. Música, audiobook e alongamentos ajudam a aliviar a tensão.

– Enquanto estiver ao volante, deixe o seu celular de lado.

– Evite ficar buzinando! O barulho só aumenta a sua raiva e a dos outros motoristas, buzine só quando necessário.

– Respeite as leis de trânsito. Sinalize a cada troca de faixa e nunca costure o trânsito.

– Seja educado ao dirigir. Evite dar farol alto na traseira dos outros carros, não faça gestos obscenos e nem grite palavrões, você nunca sabe quem esta no outro carro.

– Bateu? Anote a placa do veículo e saia do local. Para descobrir o verdadeiro proprietário do carro, basta levar o número para uma base da Polícia Militar.

Deixa – disso

Se a briga já começou, saiba como agir:

– Ainda que lhe pareça injusto, não discuta e siga seu caminho.

– Enquanto estiver ao volante, deixe o seu celular sempre do lado.

– Em caso de ameaças, busque um local seguro e ligue para a Polícia Militar 190.

– Mantenha sempre uma distância segura em relação aos outros veículos.

– Não caia em provocações. Peça desculpas, mesmo se estiver com a razão.

28
dez

Sistema de ventilação e ar condicionado do Chevrolet Cruze Sedan

Sistema de ventilação e ar condicionado do Chevrolet Cruze Sedan

O sistema de ventilação e ar condicionado do Chevrolet Cruze Sedan possui modo automático e todas as configurações, exceto temperatura, são acionadas automaticamente pelo sistema de ar condicionado do veículo.

Controle de temperatura do ar condicionado do Chevrolet Cruze Sedan

O Controle de temperatura do ar condicionado do Chevrolet Cruze Sedan na sua pré-seleção da temperatura desejada pode ser
Manual Modo manual.

As funções no ar condicionado no veículo podem ser adaptadas manualmente e o sistema não estará mais em modo
automático.

Velocidade do ventilador do ar condicionado

Botões de fluxo de ar selecionável no modo distribuição de ar.

05 : desembaçamento e degelo.
ligar: ligar/desligar o sistema.
06 : ligar ou desligar o resfriamento.
ar: recirculação de ar condicionado do veículo.

AQS:  Sensor de qualidade do ar do sistema.

A temperatura pré-selecionada é controlada automaticamente no ar condicionado do carro. No modo automático, a velocidade do ventilador e a distribuição de ar regulam automaticamente o fluxo de ar do sistema.

O sistema de ar condicionado veicular pode ser adaptado manualmente pelo uso dos controles de distribuição de ar e velocidade do ventilador.

Cada alteração das configurações é indicada no Visor de informações por alguns segundos.

As funções ativadas são indicadas pelo LED no botão.

O sistema de controle eletrônico da climatização só estará totalmente operacional quando o motor estiver funcionando.

Para obter um funcionamento correto, não cubra o sensor no painel de instrumentos.

Configuração básica para conforto máximo:

. Pressione o botão AUTO do ar condicionado
: o ar condicionado é ativado automaticamente.
. Abra todos os difusores de ar no sistema de ar condicionado.
. Ajuste a temperatura pré-selecionada usando o botão giratório esquerdo.

O ajuste de velocidade do ventilador no modo automático pode ser alterado no menu

Definições ou Configurações do ar condicionado.

Todos os difusores de ar são acionados automaticamente no modo automático. Os difusores de ar, portanto, devem estar sempre abertos.

28
dez

ELEMENTOS QUE COMPÕE O AR CONDICIONADO AUTOMOTIVO

ELEMENTOS QUE COMPÕE O AR CONDICIONADO AUTOMOTIVO

Para o Ar Condicionado Automotivo funcionar e promover conforto térmico, um sistema de refrigeração precisa ser montado no automóvel. Hoje, quase todos os modelos novos possuem esse sistema de fábrica. Para entender o sistema de ar condicionado automotivo, observaremos todos os itens evidenciados em seus detalhes técnicos, analisando a sua função. Entenderemos mais sobre Ar Condicionado Automotivo.

O Compressor é a parte pricipal do sistema e sem ele não teria possibilidade de acontecer a refrigeração. Sua função é comprimir o fluido refrigerante que foi retirado do evaporador como gás em baixa pressão e baixa temperatura, mandando logo em seguida este fluido para o condensador. Nessa hora, o fluido superaquece por dois efeitos: primeiramente este fluido ao ser comprimido é forçado a sair por uma tubulação de menor diâmetro que quando entrou no compressor. O outro efeito é o fato do fluido ter alta concentração de caloria latente em sua composição química, acontecendo assim a absorção da energia do ambiente que está sendo resfriado. Sendo assim, a função do compressor é fazer com que o fluido refrigerante circule pelo sistema inteiro.

A função do condensador é muito importante também para a manter o clima e a temperatura fria dentro do automóvel. O condensador transforma o fluido gasoso que se encontra quente em liquido. Dessa forma o processo se inicia.Esta mudança de estado, só acontece pelo efeito do eletroventilador, elemento que dissipa o calor que o fluido absorveu. A função das serpentinas é realizar a troca de calor.Se parece com o radiador do veículo automotivo.

O elemento responsável por reter as impurezas e que armazena uma quantidade bem pequena de fluido para finalizar a vedação do sistema é o filtro secador.

O fluxo do fluido em todo o sistema é controlado pela Válvula de Expansão. Cada vez que o botão de controle do ar condicionado é ligado, o motorista monitora a capacidade do sistema impedindo ou liberando a passagem do fluido. Assim, realiza o controle do resfriamento do ambiente.

A absorção do calor que está no carro é realizada pelo Evaporador.Este calor é trocado pelo conforto térmico. O fluido passa por suas serpentinas. O fluido então se evapora e retira do ambiente o calor pela ação do compressor. Ai então o compressor manda o fluido que está nas serpentinas para o condensador.

As Mangueiras são responsáveis por realizar a ligação de todo o sistema refrigerante.Precisam sempre estar em estado perfeito de funcionamento e não podem estar ressecadas para não comprometer o sistema de ar condicionado automotivo. Estando em perfeito estado, evitam que fluidos do sistema de ar condicionado automotivo se percam, causando dessa maneira um funcionamento inadequado do sistema.

Os pressostatos controlam a alta e a baixa pressão do sistema. Se o ar se esfria ou esquenta, o pressostato liga ou desliga, fazendo com que o compressor atue automatizando o sistema. isso é explicado da seguinte maneira: a temperatura do sistema variando, a pressão e o volume do fluido apresentarão variações também.Quando a pressão aumenta, o eletroventilador é ligado pelo módulo controlador do carro para dissipar o calor. Sendo assim, temos um ciclo que só é finalizado quando o condutor do veículo quiser.

Para finalizar, apresentaremos o Transdutor de Pressão. Ele é responsável por comunicar o modulo controlador do automóvel toda essa variação no sistema.Sendo assim, a temperatura fica de acordo com o que foi solicitado pelo condutor do veículo, pois essas informações são microprocessadas.